17/05/2018

SEFAZ GO e SEFAZ DF: Previsões nos concursos

Coordenação



SEFAZ – DF: Concurso é previsto nas Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para o exercício de 2019

Mesmo com a polêmica sobre a proposta de emenda à Lei Orgânica do DF, que oficializa a categoria de gestão fazendária (analistas e técnicos) e a coloca no quadro da administração tributária, que atualmente é restrito aos auditores. E que pode impedir a realização do Concurso Sefaz DF, já autorizado pelo governador em abril, pois segundo o Secretário da Fazenda, Wilson de Paula, a Secretaria teria que remanejar os servidores da gestão fazendária para cargos de funções tributárias que são hoje ocupadas pelos auditores.

Foi protocolado na ultima terça-feira, 15, o  texto do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para o exercício de 2019 , e no anexo IV podemos localizar a projeção dos custos das despesas de pessoal autorizadas a sofrerem acréscimos e nela consta o concurso para auditor fiscal da Receita do DF com 40 vagas.

Auditor Fiscal Tributário DF

Com remuneração inicial de aproximadamente R$ 15 mil, podendo chegar até R$ 22 mil para o servidor no último nível, um auditor tributário fica aproximadamente 15 anos em exercício.

A estrutura remuneratória prevista não impede a percepção de outra vantagens, gratificações e adicionais previstos em leis específicas como:

·         Indenização de transporte

·          Gratificação de qualificação GTIT (Lei nº. 4.426, de 18 de novembro de 2009)

·         Adicional de Qualificação – AQ (Lei nº. 4.426, de 18 de novembro de 2009.

Atualmente, segundo o portal da transparência, a remuneração para este cargo ultrapassa os valores oferecidos no último edital. O concursado pode ainda pode ter progressos na carreira e subir de nível e, consequentemente ter maiores ganhos.

 

SEFAZ- GO: Cronograma prevê publicação de edital para o próximo mês 

Em março a comissão do concurso Sefaz Go havia divulgado um comunicado aos candidatos, e de acordo com o documento o processo para a contratação da banca já havia sido iniciada, e era previsto a oferta de 24 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, Classe A, Padrão 1, sendo 23 para ampla concorrência e 1 para candidatos com deficiência.

O documento ainda previa algumas datas, que se aproximam, como a publicação do edital em Junho e a abertura das inscrições em Junho/Julho. Além da aplicação das provas em setembro, e da avaliação de títulos em novembro.


Estamos aguardando o próximo edital, mas até lá, confira nossos conteúdos gratuitos e cursos para concurso.

 

+ Notícias

SEFAZ SC: Prevê contratação de 40 auditores fiscais

TRT SP: Mais de 400 aposentadorias pode influenciar no concurso 2018

TCE RS – Edital e novidades

 

COMPARTILHE ESTA PUBLICAÇÃO