23/05/2018

CONCURSO PRF: Três bancas já estão na disputa pelo certame

Coordenação



Mesmo sem portaria autorizativa, a Polícia Rodoviária Federal, já trabalha na contratação da banca, e o protocolo está na divisão de concurso públicos do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.


* Matéria atualizada  em 24/05/2018 ás 14h

Com edital previsto para junho, e com a expectativa da publicação da portaria autorizativa ainda este mês, a seleção que terá 500 vagas para a polícia Rodoviária Federal teve novas tramitações esta semana, o protocolo encontra-se agora na divisão de concurso públicos do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, MP e passou por duas ações em apenas três dias.



Além disso três instituições já estão na disputa para a banca da seleção. O processo de contratação, acontecerá por meio de dispensa e somente o Cebraspe, a Iades e uma terceira que não teve o nome confirmado, participarão da disputa.

Categoria clama por mais vagas

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) solicitou o aumento no quantitativo de vagas previstas para o concurso pois, segundo a federação, o número de vagas não será suficiente para suprir a vacâncias previsto para os próximos anos, ainda de acordo com informações da organização o déficit existente é alto, e deve se agravar com a aposentadoria de aproximadamente 2 mil servidores.

Ainda de acordo com Renato Dias, diretor-geral da corporação, 3 mil vagas seriam o ideal, mesmo que provimento fosse escalonado durante a validade do certame. Contudo, o Planejamento rejeitou a solicitação, mas manteve as 500 vagas previstas, e afirmou que a portaria autorizativa deve ser publicada em breve.

Concurso garantido e urgente

Em março, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, confirmou que o edital PRF para contratação de novos policiais rodoviários federais sairá até o fim do ano.  Jungmann afirmou que o processo está bem encaminhado e a Polícia Rodoviária Federal já trabalha na elaboração do documento.

“Eu tenho acompanhando isso. Apenas o edital está sendo elaborado pela Polícia Rodoviária Federal e pela Polícia Federal. Porque o resto já está tudo ok, já está tudo disponível para que isso possa ser feito. A diferença é administrativa, meramente administrativa. Mas ainda neste semestre nós vamos ter o lançamento do edital do concurso", disse o ministro Raul Jungmann.

O concurso é, de acordo, com dados da PRF, uma necessidade de extrema urgência, pois o Painel Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento, indica que 373 servidores da Polícia Rodoviária Federal se aposentaram em 2017, sem que as reposições necessárias fossem feitas.

Contudo, de acordo com Deolindo Carniel, presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), a demora para a publicação da portaria autorizativa ocorre devido as negociaições diretas com a presidência da república, para que o quantitativos de vagas oferecidas seja maior.

Por isso esse concurso é tão esperado, de acordo com o PRF e professor Alan Ferreira “o concurso é uma necessidade urgente do DPRF. Temos um déficit absurdo nos quadros da PRF. Se o concurso não sair, corremos um sério risco de extinção, como ocorreu com a PFF (Policia Ferroviária Federal ). Está ainda existe no artigo 144 da CF/88 , mas com um quadro minúsculo”, contou em entrevista para o blog.

Assim, com a expectativa para a publicação do edital em breve e sabendo que nossos alunos já estão de olho nesse concurso, preparamos para uma semana especial só de PRF, com videoaulas ao vivo e conteúdos didáticos.

Até sexta-feira, 25 de maio, você terá acesso a revisões com os profissionais mais gabaritados do país.

Confira a programação:

 

Estamos com você nesse sonho, bom fim de semana!

Veja mais conteúdos gratuitos e nossos cursos, além do novo curso para PRF, e matérias em PDF .  

Prepare-se para a aprovação!!

 

+ Notícias

TC- DF: Previsto nas Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para o exercício de 2019

PRF: Professor Alan Ferreira fala sobre a carreira e concurso

Prepare – se para o Concurso da PRF

 

COMPARTILHE ESTA PUBLICAÇÃO