08/06/2018

CONCURSO AUDITOR FISCAL: Novidade em Alagoas e Goiás

Coordenação



ICMS GOIÁS

Em março a comissão do concurso Sefaz Go havia divulgado um comunicado aos candidatos, e de acordo com o documento o processo para a contratação da banca já havia sido iniciada, e era previsto a oferta de 24 vagas para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual, Classe A, Padrão 1, sendo 23 para ampla concorrência e 1 para candidatos com deficiência. Hoje foi publicado no Diário Oficial do Estado, a ratificação pela dispensa de licitação na contratação da banca organizadora que será a Fundação Carlos Chagas – FCC.

Além disso a comissão já havia divulgado o projeto básico do concurso, mas ele não está mais disponível para consulta, que segundo a comissão acontece por razões técnicas. O documento previa algumas datas, que se aproximam, como a publicação do edital em junho e a abertura das inscrições em junho/julho. E de acordo com o processo do certame parece que esse edital vai realmente sair por agora.  

Além da aplicação das provas em setembro, e da avaliação de títulos em novembro, contudo as datas podem passar por mudanças ao decorrer do processo de execução do concurso e na publicação do edital. O projeto ainda deu conta de informa que a remuneração para o cargo de auditor é de R$ 20.940,62, com carga horária de 40h semanais, e que os candidatos serão submetidos a duas fases no concurso, a primeira com prova objetiva (caráter e classificatório) e a segunda será uma avaliação de títulos (caráter classificatório).

AUDITOR FISCAL DE ALAGOAS

Outro certame que parece que vai andar o SEFAZ AL, segundo o Diário Oficial do Estado o pedido para concurso foi autorizado pela PGE de Alagoas:

PROC: 1500-45304/2018 - INTERESSADO(A): SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA - ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO PARA ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO - DESPACHO PGE/GAB Nº 2050/2018 – [...] Por fim, destaque-se que se for esta a opção a ser adotada pelo Chefe do Poder Executivo, faz-se imperativo que tais questões (limite prudencial com os gastos de pessoal – LRF – e limitação do crescimento anual das despesas primárias correntes – LC nº 156, de 2016) estejam clara e devidamente fundamentadas e previstas no edital do concurso, para que, em caso de impossibilidade de nomeação, fique mitigado o risco de eventual provimento judicial que determine a nomeação de aprovados, comprometendo as finanças públicas do Estado de Alagoas. À Secretaria de Estado da Fazenda.

 

Estamos aguardando o edital, mas até lá, confira nossos conteúdos gratuitos e cursos para concurso.  E o especial  SEFAZ GO   e o SEFAZ AL

 

+ Notícias

Projeto básico divulgado, TJMG oferecerá vagas para nível médio e superior

EDITAL PUBLICADO: TCE MG oferecerá 39 vagas para Analista de Controle Externo

Tribunais: TRT 14 retifica dispensa, TJSC encerra inscrições amanhã e TRT-GO é cancelado

 

COMPARTILHE ESTA PUBLICAÇÃO