14/06/2018

Casal Concurseiro: Nos estudos, e na aprovação - Parte 2

Coordenação


Ah o amor, ele se faz presente em todo lugar, até onde a gente nem imagina. As vezes estamos tão focados nos estudos para aquele concurso dos sonhos, que nem percebemos ele chegando, mas ele chega e muda tudo.

Outro casal que é inspiração, e que mostra que existe amor no mundo do concurso, são os concurserios Eliziane Ribeiro, 30 anos, formada em Direito e que sonha com a aprovação para Auditor Fiscal do Trabalho, e Bruno, 40 anos, formado em Engenharia Elétrica e Direito, e que sonha com a Magistratura.

Juntos desde 2014, os dois contaram para gente como é a relação de quem quer a aprovação, confira e veja a dica valiosa que eles deixaram para vocês que também amam e são apaixonados, não só por concursos.

 

1 – Como conseguem conciliar os estudos para concursos com o namoro?

 Como nós dois estudamos, fica mais fácil organizar a nossa rotina de estudos e o namoro. Nós não moramos na mesma cidade, o que faz com que seja mais fácil ainda organizar nossos estudos. Não nos vemos toda semana, porque sabemos que nossa prioridade agora é a aprovação, quem estuda sabe que quando paramos o estudo por poucos dias, é difícil retomar o ritmo anterior. Nós temos consciência de nossa prioridade agora, o que torna as coisas mais fáceis.  

2 – Já brigaram porque um tinha que estudar e o outro queria sair? Como resolveram?

 Nós nunca brigamos por esse motivo, pois, como estamos nesse mundo de concursos, sabemos muito bem o que devemos ou não fazer. E se um quer fazer alguma coisa e o outro precisa estudar, nós optamos sempre pelo interesse do estudo.

3 – Vocês trocam conteúdos, materiais, estudam junto? Funciona?

 Nós não trocamos muitos materiais de estudos, porque nossos focos são diferentes, mas costumamos discutir temas de matérias comuns. Às vezes passamos horas discutindo um certo conteúdo no telefone ou pessoalmente. É muito bom ter alguém para tirar nossas dúvidas, desabafar quando estamos cansados e desanimados e quando esse alguém entende tudo que você está dizendo, porque também sente isso na pele, é melhor ainda.

4 – Como é o dia a dia de um casal concurseiro? Vocês vão ao Cinema, jantam fora ou é sempre foco no concurso? É possível conciliar?

Nós costumamos fazer programas mais tranquilos, como sair para jantar, ir a festas de família, casamento, essas coisas. Baladas nós não curtimos muito, o que torna as coisas mais fáceis, porque o dia seguinte depois de uma balada é perdido com certeza.

5 – Qual a dica que vocês dariam para o casal concurseiro?

 

Quem teve a sorte de conhecer alguém que também está estudando, deve agradecer muito e aproveitar isso, pois não é fácil manter um relacionamento se a pessoa estiver em outro momento. Nós sabemos que nossa prioridade hoje é a aprovação de ambos, então não fazemos nada que impeça isso. Concurseiro não pode ter namoro complicado, o relacionamento precisa ser leve, pois precisamos de tranquilidade para concentrar nos estudos.  Como diz o Bruno: se não for para somar na sua vida, é melhor nem acontecer.  Ahhh e não discutam ou briguem por coisa atoa, não vale a pena perder um dia de estudo por bobagem, sejam maduros. A caminhada é difícil, mas ter o Bruno ao meu lado faz tudo ficar mais simples.

Concurseiro, que você tenha uma semana de muito amor e que não desista dos seus sonhos!

Portal Silvio Sande sempre com você!

Confira aqui nosso conteúdo gratuito e nossos cursos

+ Notícias

CONCURSO AUDITOR FISCAL: Novidade em Alagoas e Goiás

Projeto básico divulgado, TJMG oferecerá vagas para nível médio e superior

EDITAL PUBLICADO: TCE MG oferecerá 39 vagas para Analista de Controle Exter

COMPARTILHE ESTA PUBLICAÇÃO